Segunda palestra e Segunda Entrevista – Diário

Vou falar agora de como foi a segunda etapa do processo de seleção rumo ao sonho de ser CM.

Sou muito ansiosa, mas como não estava acostumada com o estágio pesado de 6hrs + 2hrs e meia de trânsito todo dia, eu chegava em casa e só queria saber de dormir, sem ter nem tempo para pensar na palestra e na entrevista. Mas como eu passei as férias de julho toda lendo blogs maravilhosos de outros CMs, além de ter pedido a ajuda do meu Canadian Teacher Nick com as possíveis perguntas da entrevista, eu estava relativamente tranquila.

A entrevista foi num Hotel em BH, na parte da manhã. Sério, tinha muita gente. As entrevistas em BH foram divididas em dois dias. No primeiro tinha uma galera de BH, mais outra do Rio e outros lugares, e na outra era mais do pessoal do Rio e outros que foram selecionados ano passado, mas não foram por causa da confusão dos vistos para as federais.

Primeiro o Fred, mineirinho erradicado em São Paulo, da STB, falou um pouquinho com a gente, o básico com pequenos toques brasileiros haha, e depois entraram os Disney Recruiters. Estes são empregados da Disney que viajam o mundo inteiro atrás de Cast Members – adivinhem o que que passou pela minha cabeça? QUERO SER DISNEY RECRUITER! Hahaha, mas essa ideia tem que ser MUITO aprimorada.

Enfim, eles se apresentaram, fizeram pequenos quizz sobre a Disney, e depois o Javier (o primeiro da foto aqui embaixo), deu a palestra. Apesar disso, meu santo bateu com uma das recruiters lá, que falava mais que pobre na chuva e mais rápido que tudo. Mas tinha curtido ela. Pensei: quero ser entrevistada por ela.

brazil2013_mid

brazil2013_top

A segunda palestra em SP (não teve foto em BH, snif) e Os recruiters que vieram para o Brasil

Esta palestra foi um mix da primeira com mais informações e mais pressão também, já que eram os Disney Recruiters que estavam lá. Explicaram tudinho (não vou repetir porque foi basicamente igual ao da primeira), e deixaram a gente com mais vontade de teletransportar para a Disney naquele momento. Quando acabou, as senhas para a entrevista, que poderiam acontecer no mesmo dia ou no dia seguinte, foram entregues de acordo com as seguintes ordens: quem era de fora de Minas Gerais, fora de Belo Horizonte, e Belo-Horizontinos, sempre seguindo a ordem de chegada. Eu cheguei até cedo, mas a ordem de entrada no auditório foi diferente então eu fiquei mais para trás e peguei a senha do dia seguinte. Perto da hora do almoço. A maioria dos meus amigos também.

Depois da palestra fomos almoçar no Pátio Savassi. Conheci mil pessoas neste dia, todos lindos e Disney Look. E depois corri para ir estagiar.

No dia seguinte, fui toda Disney Look para a faculdade, pois iria direto para a entrevista, já que a minha entrevista estava marcada para as 14: 20. Agora, imaginem uma estudante de publicidade indo para a aula na beca? HAHAHA. Acabou que a professora do último horário liberou a turma e pude ir embora para casa mais cedo. O que foi ótimo.

Mais uma vez, as coisas não acontecem por acaso. Almocei em casa com calma, e fui mais cedo para a entrevista. Quando cheguei, estava relativamente vazio, e o pessoal da STB antecipou a minha entrevista. Aí, nessa hora, sentada no banco, foi que o nervosismo chegou. Mas nem foi muito tempo, já que minutos depois um Disney Recruiter me chamou. Adivinhem qual foi que me chamou? A tagarela que eu tinha curtido. Nessa hora meu nervosismo tava tão grande que eu acho que eu errei meu nome na hora de me apresentar hahaha.

Mas depois disso o nervosismo sumiu, pois a entrevistadora é UMA FOFA! Jeni (a do lado do Javier na foto) foi a recruiter que me entrevistou, e ela falava muito rápido, em algumas partes da entrevista eu ficava assim: “ Sorry? What? I didn`t get it” hahaha. Mas a entrevista foi ótima. Como na primeira entrevista o pessoal pede para não  divulgar as perguntas, mas por alto, foram as mesmas de sempre: por que você  quer ir trabalhar na Disney, você já fez algum intercambio, do que você mais se orgulha de ter feito, você já trabalhou sob pressão, o que você faz atualmente, já trabalhou, qual role você prefere, quais suas opções, se tem problemas em morar com pessoas de outros países e culturas, etc. É impossível premeditar o que eles vão te perguntar, e só tentar não ficar nervoso (o que eu sei que é muito difícil).

E mesmo se eu quisesse falar eu não ia me lembrar de tudo que ela me perguntou nem o que eu respondi. O que eu lembro foi que eu contei para ela das minhas experiências profissionais anteriores (monitora do LabFoto e estagiária em Marketing Digital – o que me lembrou que ela falou que era formada em publicidade ), dos meus trabalhos voluntários no grupo de jovens do são bento (já tive que coordenar uma equipe de quase 40 pessoas, haha), minhas experiências no meu intercâmbio ano passado quando morei um mês em San Diego, minha visita à Disneyland, minha relação com meus pais, meus amigos internacionais (beijos Haley , da Coreia do Sul, Yugo, do Japao e Anna, da Espanha), etc. O que se pode concluir é que eles conferem mesmo sua bagagem de experiências. Ah e uma coisa que eu não conseguia era parar de rir, não sei se de nervosa ou por estar realmente feliz com a chance de ir trabalhar na Disney.

Depois eu sai da entrevista super confiante, e correndo porque alguém aqui tem que ganhar dinheiro, de, se no caso passasse gastasse em terras nortes americanas, e se não passasse de continuar se mantendo no Brasil. HAHAHA.

Na sexta-feira, sem pressão, ainda deu tempo de ir almoçar com os lindjos de BH + Sasha, João e Elisa (aniversariante).

PS: Preciso relatar este episódio no Outback. Como era aniversário da Queen Elisa, nos queríamos que os garçons do restaurante cantassem o típico parabéns para ela, mas de surpresa. Só que eles tentaram cantar quando ela estava no banheiro, ou seja, a aniversariante não estava na cantoria do próprio aniversario. HAHAHA. Agora imaginem 7 pessoas gritando NÃO NÃO NÃO, enquanto outros 5 garçons tentavam cantar parabéns para você? HAHAHA foi hilário. Mas aí depois quando ela voltou para a mesa, eles foram e cantaram certinho. HAHAHA. Foi ótimo.

1384241_530069160406757_556127695_n

HBO, Eu -lindjos- e Ju tímida (HAHAHA) no Outback

Escrevi meio mundo e não falei de nada prático. HAhaha. Mas como este ano foi tudo feito através do DOC, Dashboard e Application online, nós não precisamos de levar nada no dia da entrevista. Só estar coerente ao Disney Look e com muita determinação de passar.

Proximo post: a espera que nunca termina

See ya wanderlusters

Anúncios

2 comentários sobre “Segunda palestra e Segunda Entrevista – Diário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s