Recomeçando as aventuras: Park Greeter

It’s been a long day(s) without you my friends… But I’m back!

Voltei gente linda, haha. E voltei para contar do início da minha segunda aventura no Walt Disney World: Decidi aplicar para o programa de Park Greeter. Mas antes de responder o porque, como, onde, quando e quanto preciso de contar como estava a minha situação aqui no Brasil.

Em setembro/ outubro de 2014, ano em que eu me formaria na faculdade, eu fazia estágio em uma agência de turismo e adivinhem a especialidade: Viagens de grupo à Disney. Tudo bem que eu trabalhava com o marketing da agência, mas me envolvia bastante com a Disney.

A situação lá não estava tão tranquila nem favorável. Eu achava que após a formatura eu seria contratada (pensamento otimista), mas todo o resto indicava o contrário, então eu, sem pretensão nenhuma, apliquei para o programa de Park Greeter. Preenchi todos os documentos, enviei e fiquei esperando a resposta como um plano B para a minha vida.

Aconteceu que, enquanto meus amigos que também aplicaram já recebiam as respostas da application e com horários para marcar a entrevista, eu não recebia nada. Mandei então um e-mail pra Disney (KD MEU E-MAIL) perguntando o porque de não ter recebido a resposta, e também porque que o meu dash board estava escrito: No Longer in Consideration.

Eu recebi a seguinte resposta: “At this time, we feel we have other candidates with more experience and qualifications.  We encourage you to reapply for our program next year.” QUÊ? É isso mesmo produção? A Disney disse que tinha gente melhor do que eu. Mandei outros e-mails perguntando sobre uma possível lista de espera, e eles mais uma vez: Não.

Minhas esperanças já tinham ido embora quando o Rentao (<3) e o Vinícius, que na época era meu chefe no marketing e também alumni Disney, me encorajaram a enviar um e-mail para a Regina Maluta (Disney Recruiter brasileira) perguntando se eu estava com alguma pendência de housing ou de costuming, ou mesmo um rehire status (histórico para recontratação) negativo.

Então o pessoal do Disney Recruting Team me respondeu: “We researched your records and we verified information. You are back in the process.” Tô de volta ao processo galera! Parece que eles me confundiram com outra pessoa (?) porque aqui no Brasil eu só uso o meu sobrenome Ragonezi (segundo) e não o Lopes (último) que é o que eles utilizam. Enfim, estava de volta. E nesse mesmo dia recebi uns três e-mails para atualizar e ver minhas informações no DOC e na minha Dashboard.

blog

Disney International Park Greeter

Com os dias passando, fui cumprindo minhas obrigações com a Disney e com o estágio e esperando qual deles me dariam uma melhor resposta (e futuro). E claro, a Disney não me decepcionou, enquanto meu estágio… fui “demitida” uma semana antes das férias coletivas de fim de ano, de uma maneira que não desejo para ninguém, haha. Ou seja, Disney, here I go AGAIN!

See ya wanderlusters.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s