Welcome to the team! Again!

Agora não tinha mais volta. Com a job offer aceita e com as taxas pagas as chances de eu desistir de ir para o PG eram mínimas. E portanto, recebi o e-mail de boas vindas ao time do rato.

Captura de Tela 2013-10-08 às 15.05.18

Como a viagem só ia acontecer no fim de maio, e o ano de 2014 ainda nem tinha acabado, resolvi deixar o PG um pouco de lado e focar na minha formatura da faculdade (mas sempre de olho nos meus e-mails e no Dashboard). TCC apresentado com sucesso, nenhum pau durante o curso, organizar a missa, colação e convite de formatura me deixaram bem louca (tanto que bati o carro 😦 ).

Enfim. Nesse meio tempo, milhões de coisas aconteceram e a vontade de ir era pouca, mas a de ficar aqui no Brasil desempregada também eram mínimas. E então passou o ano novo (em Vitória), formatura da Dãni (São Paulo), aniversário da Ana (São José dos Campos), Carnaval com a casa das Palmas (Maresias), encontrinhos Disney Jazz Gordinha (BH), meu aniversário, etc. E o PG acabou ficando em segundo plano.

Quando eu assustei já tinha grupo do futuros Park Greeters no Facebook e WhatsApp, e já estava na hora de comprar as passagens e tirar o visto. Em meados de março comprei minha passagem, e dessa vez eu iria viajar sozinha, e agendei meu visto para abril. Fui ao CASV daqui de BH no dia 17/04 e dia 24/04 fiz um bate-volta ao Rio para tirar o visto Q1.

Como eu já falei aqui o Q1 não precisa de muita documentação como o J1, mas é imprescindível levar a job offer, a petition (petição autorizada pelo governo americano e enviada pela Disney), o passaporte, e os documentos preenchidos no momento de agendar o visto.

DETALHE: Para o visto Q1 é necessário pagar uma taxa de reciprocidade não reembolsável (se eu me lembro eram $40). E se você esquecer de pagar ou não for solicitado o pagamento é capaz do seu visto não ser emitido ou você ter que voltar ao consulado apenas para pagar essa belezura. Como as duas opções eram inaceitáveis para mim, eu quase pedi pra pagar, haha.

Visto aprovado, entrevista tranquila, consulado lotado. Deu tudo certo. E diferentemente do ICP, as questões mais burocrátias de documentação e etapas antes do programa seriam bem mais tranquilas já que elas eram realizadas diretamente com a Disney, sem o intemédio de uma agência. Passagem e seguro comprados. Iria sair do Brasil no dia 25/05 e voltar dia 07/08, já que não iria fazer Grace Period. Faltava saber aonde eu iria trabalhar e com quem eu iria morar. Mas isso eu conto no próximo post, haha.

See ya wanderlusters.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s