A viagem

O dia do embarque foi cheio de lágrimas, hahaha. Meu pai, irmão e namorado me levaram para o aeroporto para se despedirem. E lá, além do sentimento de saudade que já estava presente no ar, ainda recebi algumas surpresas que me fizeram chorar ainda mais (não vou nem comentar como foi quando eu entrei na sala de embarque, haha).

IMG_9932

O meu voo saía de BH a noite e chegaria em Miami por volta das 5 horas da manhã, onde eu iria fazer a imigração e pegaria um voo às 10h para Orlando. De BH para Orlando foi tranquilo (tomei dois remédios “sossega leão”, hehe), só acordei mesmo quando estava prestes a aterrissar.

Na fila de imigração eu conheci duas meninas que também estavam indo para o PG. Uma pausa para contar como foi a minha imigração: Estava na fila e fui até o atendente, cumprimentei e entreguei meu passaporte. Ele olhou, viu o meu visto Q1 e fez uma cara de “que *orra de visto é esse?”. Foi impagável, haha, mas na hora achei que estava com alguma documentação errada.

Ele então me perguntou o que eu ia fazer nos EUA, e o que era o visto de representante cultural. Expliquei para ele e mostrei a petition com o meu nome para ele verificar. Ele então abriu uma “bíblia” que descreve e explica todos os vistos aceitos para avaliar, haha. Por fim ele conferiu os documentos e meu passaporte, e estava tudo certo.

Ou seja, se você vai para os EUA com algum visto pouco conhecido certifique-se de que você sabe explicar e bem o que o seu ele significa.

Saí da imigração, fui pegar minhas malas e encontrei com mais meninas do PG, que também iriam pegar o voo para Miami. Aproveitamos e fomos tomar café. Nisso encontramos com mais futuros Park Greeter, e entre eles a Gabi Cup Cake e a Andreza, que fizeram ICP comigo.

Conversamos, nos atualizamos sobre o que tinha acontecido desde o ICP hahaha e partimos rumo a Orlando. E o mais engraçado desse voo é que, mesmo sem combinar, a Andreza e a Larissa, foram sentadas do meu lado no voo.

Já em Orlando pegamos o Mears, transporte conveniado com a Disney,  e que nos levaria ao Vista Way. No caminho, vimos um boneco do Woody pendurado no carro, igual acontece no filme. A mágica já estava agindo antes mesmo de chegarmos perto dos parques.

Como a chegada no Vista Way e as quebras de expectativas aconteceram logo no início, vou deixar para contar com mais detalhes no próximo post.

See ya wanderlusters.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s