ROADTRIP DAY 16: Melrose Avenue

Último dia da viagem 😦 já que o dia seguinte seria de ir para o aeroporto, e por isso aproveitamos esse último dia acordando mais tarde, curtir a preguiça de voltar, arrumar as malas com calma e também para um dia de agenda livre.

Começamos o dia já na hora do almoço e resolvemos ir ao Pasta Sisters, um restaurante italiano, bem pequenininho, que conhecemos através do Buzzfeed, no quadro “Worth it“. E realmente as massas do lugar são incríveis, além do atendimento e do preço serem muito bons também.

IMG_4512

Ele pediu gnochi com bottarga (ovas de tainha e sardinha)

IMG_4505 1

E o meu foi fettucine ao molho branco

De lá, fomos conhecer as paredes famosas da Melrose Avenue, onde paredes inteiras são grafitadas e pintadas e isso chama a atenção de vários turistas ~blogueiras~ para aquelas fotos lindas de Instagram. E claro que eu também fui atualizar meu feed, hahaha.

IMG_1042

Essa parede foi encontrada por acaso, mas você pode achar uma similar em West Hollywood Library, 625 N. San Vicente Boulevard, West Hollywood

IMG_9030

As famosas Asas fazem parte do projeto de Colette Miller – St. Regis Wine & Liquor, 8401 West 3rd Street, Los Angeles

IMG_9151

Pink Wall: Essa parede é parte da loja Paul Smith – 8221 Melrose Avenue, West Hollywood

IMG_9154

Made in L.A.: Cisco Home, 8025 Melrose Avenue, Los Angeles

IMG_9125

Esses foram alguns dos painéis que nós visitamos. E o mais interessante de tudo é que se você procurar no Google você consegue achar a localização exata de cada um deles e de vários outros murais legais.

Além das paredes, o chão da avenida também é repleto de artes, com mensagens de reflexão e de zoeira também, hehe.

IMG_0889

Social Media

IMG_0882

Protect yo heart

Depois de fazer a blogueirinha, fomos conhecer o Farmer’s Market, que é um mercado com restaurantes, vendinhas, lojas de frutas e especiarias. Passeamos por lá durante o pôr-do-sol e aproveitamos também para conhecer o The Groove, um shopping que tem do lado, com marcas famosas e caras.

IMG_9024

Farmer’s Market

IMG_0880

The Groove

Esperamos a noite chegar para voltarmos a Calçada da Fama para conhecer o Teatro Chinês (que estava fechado no dia em que fomos lá por causa da pré-estreia de Moana). Aproveitei para turistar ainda mais na cidade dos anjos. Sem contar que ainda era aniversário do Mickey, e eu não poderia deixar de prestar as devidas homenagens, né? Hahaha.

IMG_4860

Teatro Chinês

IMG_0888

Calçada da Fama

IMG_4863

Parabéns Rato!

E como a fome já estava pegando, adivinha onde nós fomos comer? No Pasta Sisters de novo, haha, só que dessa vez pedimos a opção para levar para casa, já que o restaurante estava lotado.

Voltamos para casa, jantamos e fomos fazer as malas, já que o dia seguinte era dia de voltar para o Brasil.

See ya wanderlusters.

Anúncios

ROADTRIP DAY 15: Disneyland e Disney California Adventure

Como bons filhos do rato (mais conhecido como Mickey) não poderíamos deixar de ir à Disney, claro! Nesse caso, fomos visitar a Disneyland, o primeiro parque idealizado e construído por Walt Disney. Acordamos cedo, pois estávamos em Los Angeles e a Disneyland fica em Anaheim, o que dá cerca de 40 minutos de carro.

O complexo da Disneyland tem dois parques, a Disneyland mesmo, que seria algo similar ao Magic Kingdom, em Orlando, e o Disney California Adventure, que é um parque mais voltado para aventuras, enquanto o primeiro é mais para a magia. Começamos pela Disneyland, pois, além de termos uma reserva em um restaurante neste parque, nós também queríamos assistir ao show noturno do California Adventure.

IMG_4154

Começando o dia com a Disneyland

Enquanto no Magic Kingdom, o castelo é da Cinderella, na Disneyland o castelo é da Aurora, mais conhecida como Bela Adormecida. E como fomos no fim do ano, o castelo estava decorado com temas natalinos. Detalhe: ele é bem menor do que o castelo de Orlando.

IMG_8922

O famoso castelo da Aurora

Começamos o dia bem… molhados! Escolhemos duas atrações que molham, como a Splash Mountain e a Matterhorn Bobsleds. Mesmo com o sol, o dia estava frio e ventando, então já pode imaginar como ficamos, haha.

IMG_4183

Splash Mountain

Antes de irmos almoçar, ainda conseguimos ir no The Many Adventures of Winnie the Pooh, que é um brinquedo mais para crianças, mas foi divertido.

Nossa reserva para o almoço estava marcada para às 11h, por isso não conseguimos fazer muito na parte da manhã. Reservamos nosso almoço no Blue Bayou, um restaurante com tema do filme “A princesa e o sapo”, que tem como cenário a cidade de Nova Orleans. O restaurante tem luz baixa, atendimento diferenciado e oferece uma diversidade boa de pratos. Eu optei por carne vermelha, batatas gratinadas e vegetais, enquanto o Renato optou por salmão com camarão. Uma ideia legal é pedir a famosa Louisiana Lemonade que é uma limonada servida em um copo que brilha!

IMG_8923

O meu prato

IMG_8924

O prato do Renato

O almoço estava delicioso e muito bem servido. Fechamos a conta e decidimos aproveitar um pouco mais o parque da Disneyland antes de irmos para o California Adventure. Fomos em mais quatro atrações antes de irmos para o outro parque, Indiana Jones Adventures, Snow White’s Scary Adventures, Peter Pan’s Flight e Storybook Land Canal Boats. Nenhuma delas é radical e são mais aconselhadas para crianças, mas se você está na Disney deve aproveitar todos os momentos e o maior número de atrações possíveis, hehe.

IMG_4244

Disneyland

Decidimos trocar de parque e ir para o Disney California Adventure, e não se preocupe, pois um parque é de frente para o outro, ou seja, não precisa ir de carro ou ônibus, é só andar um pouquinho que você consegue ir.

IMG_4259

A famosa roda gigante com o rosto do Mickey

Fomos na famosa montanha russa California Screamin’, que na foto acima está do lado da roda gigante, onde tem a placa do Paradise Pier. Em Orlando não tem uma atração semelhante à esta, por isso vale muito ir.

IMG_4322

Foto da California Screamin’

De lá fomos no famoso Toy Story Midway Mania, mas se prepare para algumas horas de fila, pois essa atração é bastante popular. Depois fomos para o antigo The Hollywood Tower Hotel que na época estava em reforma para se transformar no que hoje é o Guardian of the Galaxy – Monsters After Dark.

IMG_4435

Tower! Na minha opinião a melhor ride de todas!

Por fim, fomos no Radiator Springs Racers, onde ficamos 2h30 na fila 😮
ps: nenhum brinquedo vale esse tempo todo de espera, só ficamos nela pois seria a última atração do dia e já estávamos mais perto do brinquedo do que do fim da fila.

IMG_4361

Radiators Spring Racers

Depois da última atração, fomos procurar um lugar no pier para assistir ao show World of Color, entretanto, nós fomos ao parque no primeiro dia da programação especial natalina no parque, ou seja, o show foi adaptado para uma versão de natal. Tudo bem, o show foi lindo, mas eu queria ter visto o outro, haha. Esse é só um exemplo da necessidade de pesquisar tudo antes de viajar para evitar possíveis imprevistos.

Depois do show decidimos voltar para casa, pois além do parque está fechando, ainda pegamos 40 minutos de estrada para voltarmos para L.A. Mas antes de ir, uma foto com o idealizador desse parque e dessa magia.

IMG_4495

Foto com o tio Waltinho

E para finalizar o dia, fomos comer na melhor hamburgueria desse mundo: Shake Shack

See ya wanderlusters.

Roadtrip Day 13: Compras, viagem a Los Angeles e Calçada da Fama

Acordamos cedo, arrumamos as malas, tomamos café e nos preparamos para pegar a estrada rumo a Los Angeles. Porém antes de ir até a terra das estrelas, passamos no Fashion Valley Mall, em San Diego, para fazer mais algumas comprinhas.

Ficamos por lá até a hora do almoço, comemos por lá, e aí sim pegamos a estrada. Demoramos cerca de 3h para chegar a LA e fomos direto até o nosso AirBnb deixar nossas malas, tomar um banho e ir conhecer a famosa calçada da fama, o Teatro Chinês, o Dolby Theater (onde acontece a cerimônia do Oscar), a loja da Disney, etc.

Porém, quando chegamos na Hollywood Boulevard tivemos uma grande surpresa, pois a rua estava fechada uma vez que estava acontecendo a premier de Moana, o novo filme de animação da Disney. Ou seja, todos os nossos planos de conhecer os pontos turísticos foram por água abaixo, haha.

16730964_1254439344636398_2140873253_n

Premier do filme Moana

Apesar da confusão da premier, conseguimos andar por algumas partes da calçada da fama e tirar muitas fotinhas clichês, haha.

img_2868

Tio Waltinho

img_2870

Walk of Fame

Como alguns amigos nossos também estavam em Los Angeles, nós combinamos de encontrar na loja da Ghirardelli/Disney, e enquanto esperávamos nosso sorvete e nossos amigos, vimos o ator The Rock, que dubla um dos personagens de Moana, passando.

Uma das pessoas que encontrei foi a Anna, uma amiga espanhola que fez intercâmbio comigo em 2012 e que agora trabalhava na Disney. Foi bem legal.

img_2921

Reencontro, 4 anos depois

16559069_1247480371998962_465295296_n

Amigos na Ghirardelli

Depois de muito conversar, fomos jantar no McDonalds hahaha, demos uma passada rápida na Target e voltamos para o AirBnb.

See ya wanderlusters.

Roadtrip Day 12: NFL Game – San Diego Chargers X Miami Dolphins

Começava um dos dias mais esperados da viagem: o dia do jogo de futebol americano. Quando começamos a pensar sobre a viagem eu queria incluir algum jogo da NFL em nosso roteiro. Porém, como estávamos com os dias contados em cada cidade, nós só iríamos se algum jogo acontecesse na cidade certa e no dia certo, haha.

Nós tínhamos 3 opções: assistir o jogo do San Francisco 49ers (em San Francisco), do San Diego Chargers (em San Diego) ou do Los Angeles Rams (em Los Angeles). E coincidentemente no nosso último dia em San Diego teria um jogo do San Diego Chargers X Miami Dolphins. Obviamente, compramos os ingressos e iriamos ver um jogo da NFL.

Os jogos esportivos nos EUA são diferentes daqui do Brasil, e eu vou listar algumas (várias) DICAS para você não se dar mal:

  • Compre o ingresso com antecedência e verifique com muita atenção a área e o seu assento. Nós comprarmos o nosso ingresso no Super Ingressos (que tem uma política de ingressos bem interessante, vale a pena dar uma olhada), porém, quando compramos, verificamos que a nossa seção era parte da área familiar, onde não pode falar linguagem inadequada e nem consumir bebidas alcoólicas (e na hora da compra essa parte não estava discriminada). Portanto, tivemos que pedir reembolso da compra (que foi bem tranquilo) e tivemos que comprar novos ingressos.
  • Procure saber onde é o estádio e como você chegará lá. Como eu já tinha morado em San Diego, preferi ir ao estádio de Trolley (algo como trem/metrô) que saía da frente do nosso hotel e nos deixava dentro do estádio. Assim, não tivemos que pagar estacionamento e nem encarar as filas quilométricas para entrar/sair do estádio. Compramos o 1 Day Pass, que é um passe que você pode ir e vir quantas vezes quiser durante o dia do jogo.
img_2686

1 Day Pass

  • Leia as regras do seu ingresso! Os jogos da NFL são com torcida mista (não tem separação entre um time e outro) e por isso a segurança está sempre em primeiro lugar. Isso significa que você NÃO pode entrar no estádio com mochilas, bolsas, câmeras profissionais, pau de selfie, e nada que possa ser utilizado como uma arma. Você só pode levar bolsas transparentes (que são vendidas pelos times da NFL), que estejam dentro do tamanho pré-determinado, ou carteiras que sejam no máximo do tamanho da sua mão.

    Nós levamos a GoPro com o nosso friendly stick, que é daqueles que não tem extensão, só serve de apoio mesmo, e não nos deixaram entrar no estádio. Nós tínhamos duas opções: deixar no guarda-volume por APENAS $20 obamas, ou deixar em qualquer lugar, pois não entraríamos no estádio com aquilo. O que nós fizemos? Pegamos o trolley de volta para o hotel e deixamos a máquina e o stick lá.

  • Saia de casa com antecedência. Se acontecer algum imprevisto (como foi o meu caso) você terá tempo para resolver seus problemas. Como nós saímos de casa com 2h antes do início da partida, nós não perdemos muito do jogo.
img_2817-1

Let’s go CHARGERS!

img_2792

Assistimos o jogo, tomamos nossa cervejinha, torcemos muito para o Chargers, e o jogo que começou 13h terminou por volta das 17h. Voltamos para o nosso hotel de trolley, e em menos de 1h já estávamos de volta (a logística de transportes em dias de jogos é incrível!.

img_2821

Qualcomm Stadium

Foi uma experiência muito legal e já quero ir em outro jogo!

Como ficamos o dia inteiro no estádio, no sol e torcendo, preferimos pedir comida pelo delivery e ficamos descansando no hotel.

See ya wanderlusters.

Roadtrip Day 11: Praias de San Diego

O dia de sol pedia pé na areia e vistas lindas para o mar, e por isso decidimos conhecer o maior número de praias de San Diego possível. Porém nós não conseguimos conhecer muitas, uma vez que era sábado (todo mundo vai para a praia) e era impossível estacionar, ou seja, demoramos muito para achar vagas decentes e de graça (você tem a opção de pagar $5 a hora em um estacionamento).

DICA: Procure bem por vagas que tenham o limite de 2h ou mais de graça, vale a pena ter paciência e procurar por essas vagas, do contrário você irá gastar uma boa grana com estacionamentos.

Começamos por La Jolla, que é uma praia conhecida pela “caverna” que tem em uma parte de sua extensão. Além disso ela abriga um berçário de focas, e você pode chegar bem pertinho delas (porém ninguém se responsabiliza se elas te atacarem, hahaha).

img_8045

La Jolla

img_5194

Hello foca!

Andamos pela praia, vimos e colocamos os pés no gelado Oceano Pacífico, e fomos para a nossa próxima praia, Pacific Beach. Sem dúvidas, era a mais cheia de todas, e mais difícil de estacionar, porém a melhor praia para aproveitar.

A praia é famosa por seu pier e o Cystal Pier Hotel que fica em cima dessa pier. Por curiosidade, fomos olhar as reservas para esse hotel, e para você se hospedar nele no verão americano (de maio a agosto) você deve realizar sua reserva com 1 ANO DE ANTECEDÊNCIA. E se for para o inverno, de 6 a 8 meses de antecedência, hahaha.

img_5238

O pier de Pacific Beach e o Hotel 

O pier feito de madeira, balança bastante, tanto por causa do vento quanto pelo movimento das ondas. Em Pacific Beach também existe um calçadão bem legal, onde as pessoas correm, andam de bicicleta, ou apenas passeiam com a vista da praia, vale o passeio.

img_5231

pouco vento -sqn haha

img_8055

img_8054

Depois de conhecer Pacific Beach fizemos a burrada de sair da vaga que nós tínhamos achado para procurar um lugar para comer, e por isso vivemos uma aventura até achar algum lugar bom e relativamente vazio para comer. No fim das contas estacionamos em um lugar muito longe em Ocean Beach e comemos em um restaurante de noodles, eu pedi um frango teriyaki e o meu namorado um noodles tradicional. Não foi um restaurante que marcou a viagem, mas pelo menos a gente não morreu de fome.

Fomos então conhecer o pier de Ocean Beach, que é o maior pier de concreto da costa Oeste dos EUA. E apesar do sol, no fim do dia batia um ventinho que esfriava. Por lá vimos surfistas, músicos, aventureiros e pessoas de todos os tipos que estavam ali para admirar a paisagem.

img_2682

Ocean Beach Pier

img_5263

img_5280

Surfistas aproveitando o fim de tarde

img_5291

O céu maravilhoso de San Diego

Apesar do sol já ter ido embora, ainda passamos em Coronado, uma ilha onde fica o famoso resort Hotel Del Coronado. Porém como já estava escuro (e frio) decidimos voltar para o hotel. Lá, ficamos procurando um lugar para comer, e como eu estava com muita vontade de comer carne, decidimos ir ao Hunter Steakhouse. Atendimento bom, pratos deliciosos, porém o preço era um pouco mais alto do que os outros restaurantes que fomos, mas mesmo assim vale a pena.

img_8108

Depois de jantar, voltamos para o hotel.

See ya wanderlusters